terça-feira, 23 de junho de 2009

Thaione Davis: Still Hear

Gravadora: Jericho Lounge Music
Ano:
2009
Produtor:
Rashid Hadee (todas as faixas)
Participações: Ben Butter (faixa 3), Iomos Marad (3), King (3), J.Hewitt (3), Infinito 2017 (3), Longshot (3), Rashid Hadee (3,6,10 e 14), Melatone (6).

Thaione Davis é um emcee da cena de Chicago que já está há um bom tempo fazendo barulho na cidade. Visto como uma das promessas de um lugar que já deu ao hip hop nomes como Common e Kanye West, Davis reuniu-se com outro aspirante chicagoan - o talentosíssimo emcee/produtor Rashid Hadee - para lançar seu novo álbum, chamado "Still Hear". O trabalho conta ainda com outros talentos locais, como Melatone, Iomos Marad, Ben Butter, Infinito 2017, Longshot etc.

A reunião com Hadee mostrou-se ideal. Além de rimar, Davis também é DJ, beatmaker, artista gráfico e b-boy. Com a produção toda a cargo do conterrâneo, ele pôde se concentrar em apenas uma faceta artística, e saiu-se muito bem. Thaione tem uma voz marcante, uma levada sem sobressaltos, que realmente flutua pelos instrumentais. Assim, a produção suave de Hadee combina de forma perfeita com o estilo do emcee.

Confiando basicamente no jazz e no soul para confeccionar o tecido de suas batidas, Hadee mostra uma consistência impressionante e até uma evolução em relação a seu último trabalho. Se antes ele soava um pouco como um 9th Wonder underground, agora seus beats têm uma personalidade mais bem definida, uma forma de posicionar os samples bem original. O interessante é que Rashid não se rende aos paradigmas dos gêneros que sampleia. A posse cut "Tradesmen" intercala pianos e saxofones no loop, mas não é o tradicional relax-rap, e sim uma faixa cheia de suíngue, embora longa demais.

Quanto à estrela do disco, o trabalho também é bastante coeso. Como dito acima, seu flow é muito bom, e casou perfeitamente com o estilo de produção de Hadee. Combinando rimas de batalha, storytelling e brados sociais com referências que vão desde o reggae até Marvin Gaye, ele traz diversidade suficiente para não depender dos convidados para tornar o álbum interessante. Tanta consistência resulta em momentos estelares como a relax "Inside Your Mind", com um piano jazzy transitando entre a bateria suja da faixa; a programação de bumbos de "Problems"; a carta-realidade de "Face of the Hood"; e a divisão de samples da ótima "Leaving Babylon", com o saxofone jazzy no canal esquerdo contrastando com os vocais soul do direito.

"Still Hear" chega ao fim com algumas certezas momentâneas. Primeiro, Thaione Davis é um artista para ser acompanhado com atenção nos próximos anos; segundo, Rashid Hadee está na linha de frente entre os novos produtores do jogo, com uma consistência e elegância nos beats invejáveis; terceiro, Chicago continua um celeiro de bons nomes para o rap. É provável que os dois caras do disco não atinjam o sucesso comercial de seus antecessores, mas têm todas as condições de se firmarem no primeiro escalão do underground americano.

Thaione Davis - Still Hear
01.Still Hear
02.Inside Your Mind
03.Tradesmen (feat. Ben Butter, Iomos Marad, King, J.Hewitt, Infinito 2017, Longshot, Rashid Hadee)
04.Bottomline
05.Observation Incomplete
06.Problems (feat. Melatone, Rashid Hadee)
07.The Gambit
08.Confessions of an Adolescent
09.Subliminal
10.Face of the Hood (Relax) (feat. Rashid Hadee)
11.Onetwo
12.Leaving Babylon
13.Deception
14.Highest Regards (feat. Rashid Hadee)
15.Purpose

Download

Vídeo da faixa "Leaving Babylon":


Vídeo da faixa "One Two":