segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Sene & Blu: A Day Late & A Dollar Short

Ano: 2009
Gravadora: Shaman Works
Produtor: GODlee Barnes.
Participação: Co$ (faixa 12).

Quando Blu explodiu em 2007 com seu álbum de estreia "Below The Heavens", muitos trataram o moleque como uma das grandes promessas do rap para os anos subsequentes. Poucos imaginavam que o cara iria corresponder tanto às expectativas. Depois da sua estreia, ele esteve presente em outros dois álbuns e manteve a qualidade. Não satisfeito, John Barnes resolveu começar a produzir seus próprios beats. Lançou uma mixtape, duas beat tapes e encontrou no nativo do Brooklyn Sene o companheiro ideal para sua primeira aventura a sério. O resultado disso é "A Day Late & A Dollar Short", primeiro disco de Sene e do produtor GODlee Barnes, a alcunha adotada para a versão beatmaker de Blu.

O projeto, coincidência ou não, lembra bastante a estreia de Blu em vários aspectos. O primeiro é o formato: tal qual os clássicos produzidos nos anos 90, a divisão de tarefas é clara. Um emcee rimando, com eventuais mas raros convidados, e um produtor...produzindo. Simples, rasteiro e eficiente. Longe das tracklists com os beatmakers mais quentes do momento e uma coleção de rappers convidados que fazem discos parecerem um guia "Quem é Quem" para novatos do rap. Afastado desta orgia rapeira, "A Day Late..." dá o espaço ideal para GODlee Barnes pôr seus talentos à prova. A pressão, por outro lado, é grande: será que o moleque que impressionou a todos rimando poderia fazer isso desta vez com MPCs?

A resposta é sim. Blu tem uma estética bem própria e consegue transferir isso para o disco. A timbragem é suja, as caixas têm um feeling old school, embora não sejam necessariamente pesadas. Os samples são oriundos principalmente do jazz, mesmo que o álbum tenha saído bem menos jazzy do que se supunha depois de ouvir os primeiros beats de Blu. Ainda assim, o maior mérito do cara é ter mesclado consistência e variedade de forma satisfatória, de forma a conseguir manter o nível de qualidade durante toda a audição do álbum. No fim das contas, espere pianos à vontade, teclados, vocais femininos passeando ao fundo e um climão tranquilo permeando todo o trabalho.

Sene, por sua vez, responde aos vários outros aspectos que remetem "A Day Late..." a "Below The Heavens". À parte o flow e a voz parecidos, o moleque - outra semelhança com o Blu de dois anos atrás - toca basicamente nos mesmos temas. A aposta, embora não tão confiante e proeminente, é em relatos pessoais capazes de fazer qualquer um entre 18 e 30 anos se identificar. Um exemplo é o single "QuarterWaterSupporter", uma viagem nostálgica até o Brooklyn da infância do emcee, rememorando todas aquelas situações que nós guardamos com carinho da nossa criação.

A performance de Sene, num geral, é satisfatória. Excetuando alguns refrãos irritantes e eventuais "desaparecimentos" perante o microfone, o moleque mostra que é excelente tecnicamente. No leque de temas dos quais ele trata, destacam-se o excelente conceito de "EveryDejaVu", outra vez um golpe certeiro no jovem comum das cidades: as rimas falam das rotinas repetitivas e de como as coisas passam rápido; "WonLover", um jogo de palavras no melhor estilo "I Used to Love H.E.R."; e "Ain't No Justice", cuja argumentação do título se dá através de um storytelling bem executado. Entretanto, nem tudo é sério. O loop de um piano despreocupado em "WhyBother?" dá a sugestão do conteúdo dos versos. Falando em sugestão, "JusASuggestion" fecha o disco de maneira espetacular. Na possivelmente melhor faixa do álbum, tudo funciona à perfeição: a bateria quebrada, os samples vocais ocasionais, a guitarra cortada, o teclado...A mensagem, cheia de motivação, também é ótima.

No geral, "A Day Late & A Dollar Short" é um álbum que atinge o seu limite. Blu faz um bom trabalho como produtor e, se continuar a se desenvolver, pode equiparar seus dotes de beatmaker aos de emcee num já aguardadíssimo disco solo. Sene, por sua vez, faz o que é possível, mas escorrega em altos e baixos naturais para uma estreia. Pesa contra ele a comparação com o seu agora produtor, mas às vezes fica a sensação de que ele mesmo tomou este caminho.

Sene & Blu - A Day Late & A Dollar Short
01. PressPause
02. WonLover
03. QuarterWaterSupporter
04. WhyBother?
05. WonThousandGirls
06. SmokeRosebudsOnAshyAvenue
07. TheWonderers
08. CloudClimbers
09. EyeCry - TheBefore
10. OwlThruGotham
11. EveryDejaVu
12. Ain'tNoJustice
13. EyesDry - TheAfter
14. JusASuggestion

Vídeo de "WonLover":

8 comentários:

Zé Martinelli disse...

Tá o cade os link pra download?

Anônimo disse...

http://rapidshare.com/files/292540289/Sene___Blu_A_Day_Lat___A_Dollar_Short__WEB__-__2009__-_HHB.rar

CASÉ disse...

Duvido pedir POR FAVOR!

Zyklon B Columbine disse...

Como posso entrar em contato com o blog, preciso fazer umas perguntas? Grato

rubens disse...

nunca entendi todo o alarde em torno desse Blu... o cara é bom, mas não é tudo isso...

e tambem daquele primeiro cd dele, que pra mim a única música realmente boa é a introdução.

já o resto...

Felipe Schmidt disse...

Zylon, manda um e-mail para felipe_schmidtm@hotmail.com.

Anônimo disse...

Die Auswahl an Anhängern ist riesengroß und die thomas sabo online shop deutschland Wahrscheinlichkeit, dass jemand genau das schmuck thomas sabo gleiche Bettelarmband wie man selbst trägt, ist verschwindend ohrringe creolen gering. Auch nach vielen Jahren noch begeistert das Bettelarmband seine Besitzer. Es strahlt einen ganz eigenen thomas sabo uhren billig Charme aus und kann sowohl Glückssymbole, Armband mit Anhänger als auch Liebesbezeugnisse, Freundschaftszeichen oder thomas sabo schmuck günstig einfach modische Akzente beinhalten. Je nach dem, thomas sabo schmuck wie man es schmückt, kann es elegant, sportlich, modisch, thomas sabo charm club anhänger schlicht oder ausgefallen wirken. Es passt sich auf diese Weise immer wieder dem Anlass und dem gewählten thomas sabo shop Kleidungsstil an. Manche Trägerinnen weisen nach einiger Zeit zuhause eine richtige kleine Sammlung an Anhängern thomas sabo engelsflügel auf, um das Bettelarmband immer wieder neu schmücken zu können. So bleibt es auch nach langer Zeit immer noch interessant und kommt niemals aus der Mode. Der Design- und Produktionsprozess bei der Life Kollektion ist sehr ähnlich wie bei der Oliver Weber Kollektion.

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis achat
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis achat
http://prezzocialisgenericoit.net/ acquistare cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis 20 mg