terça-feira, 6 de abril de 2010

Damu The Fudgemunk: How It Should Sound Promo EP

Ano: 2010
Gravadora: Redefinition Records
Produtor: Damu The Fudgemunk

Este ano promete ser muito bom para o beatmaker de Washington Damu The Fudgemunk - e para seus fãs também, claro. O cara, depois de passar 2009 soltando faixas esporádicas de qualidade assombrosa e finalizar com um EP igualmente monstruoso, o "Kilawatt V1", anunciou no seu blog uma série de lançamentos que devem ver a luz do dia por todo 2010. A lista vai desde dois discos do Y Society - formado por Damu e o emcee Insight - até projetos instrumentais. O primeiro "filho" é o álbum duplo "How It Should Sound", que também será todo instrumental. Para esquentar as coisas até o lançamento, Damu disponibilizou, de graça, um EP promocional.

Com seis faixas, o "Promo EP" serve realmente como um teaser e até uma forma diferente de publicidade para o projeto maior que está por vir ainda em abril. O primeiro instrumental, "New LP", aliás, é bastante direto, com Damu cortando e colando frases como "novo LP" e "pegue o álbum", esta última num sentido muito mais "compre" do que "baixe", obviamente. Ainda somos agraciados com Damu em pessoa introduzindo a ideia do projeto, explicando que as batidas são novas para nós, mas velhas para ele, e, claro, encorajando o fã a comprar o disco. Embora rappers e produtores façam isso o tempo inteiro, não lembro de uma abordagem tão entranhada na música desde os versos de Phife Dawg, do A Tribe Called Quest, na clássica "Jazz (We've Got)": "Então corra para a loja e compre o LP / pela Jive/RCA, fitas cassetes e CDs". Fica aí uma sugestão para um eventual segundo EP promocional - seria uma bela colagem, hein?

Deixando de lado o lado promocional e focando na música, as batidas de Damu continuam impecáveis. Todo texto que escrevo sobre ele eu falo a mesma coisa, mas não posso me furtar: o cara é, na minha humilde opinião, o melhor produtor desta nova geração. Seus beats carregam aquela aura da golden age irresistível a qualquer fã de rap, mas não soam datados, e sim atuais. Na verdade, é melhor esquecer esta história de old school, o ponto não é esse. A questão é que o trabalho de Damu é claramente sincero e apaixonado, como eram, coincidentemente, vejam só, as boas coisas dos anos 90.

Entretanto, não podemos negar que as influências de Damu residem na Nova Iorque soturna daqueles tempos. Pete Rock, por exemplo, vai se orgulhar ao ouvir os metais sampleados por Damu em faixas como "Judgement Day" e "You Know Who!". Esta última, aliás, é velha conhecida por quem segue o trabalho do Fudgemunk, já que encorpou um remix feito pelo cara da faixa "Who Run It?", do O.C. - aliás, fica a dica para correr atrás, porque a faixa é espetacular. Aqui, solitário, sem quaisquer rimas, o instrumental continua impecável. O andamento acelerado da batida, o baixo proeminente e os samples cortados estão meticulosamente programados, trabalhando em conjunto tão perfeitamente quanto o próprio corpo humano. Ora ficamos apenas com o baixo, ora entram os metais, depois os samples, e então todos juntos. Sensacional.

Damu mostra também outros estilos de produção. Em "Fabrega's Discotecas", ele deixa de lado as batidas retas nova-iorquinas para apostar em mais suíngue, abusando de elementos de percussão e brincando com os samples cortados, numa faixa em que é difícil imaginar um emcee rimando sobre ela. Já "Wonka Beat 3" mostra o beatmaker enveredando ainda mais para o lado instrumental, criando batidas que se sustentem sem qualquer voz. O modus operandi é simples: ele solta a batida e começa os trabalhos na pick-up, enquanto os samples já programados vão e vem.

Depois destas seis faixas, é justo dizer que Damu continua em grande fase, e que a expectativa para "How It Should Sound" continua alta. O cara simplesmente não lança um beat fraco, o que nos permite supor que esta consistência também estará presente no álbum duplo. Entretanto, se o EP promocional é realmente um indicativo do que está por vir, penso que aspirantes a emcees podem não se empolgar muito: em vez de batidas espetaculares para eles rimarem em cima, teremos mais instrumentais independentes. No mínimo, terão que se esforçar mais. Já eu, que sou apenas um fã do trabalho de Damu, continuarei satisfeito - já estou imaginando formas de evitar ficar balançando a cabeça no metrô lotado sem parecer um maluco.

Damu The Fudgemunk - How It Should Sound Promo EP
01. New LP (EP Intro)
02. Judgement Day
03. Fabrega's Discotecas
04. You Know Who!
05. Bills Be Gone
06. Wonka Beats 3

Download

Vídeo promocional de "How It Should Sound":


Segundo vídeo promocional de "How It Should Sound":

10 comentários:

Bgame disse...

Fiquei fã do cara, e principalmente de alguns samples de samba que ele usa.. não só nesse trabalho..

Chiocki disse...

o cara é muito nervoso nas batidas realmente lembra muito a golden age mas na minha opinião não é o melhor produtor da atualidade m-phazes, k-salaan e boon doc estão pra mostra que só pq o instrumental é tocado não quer dizer que tem que ser moda. Muito boa a resenha como sempre Felipe.

Anônimo disse...

eu piro nas produca do Damu, nao é a toa que tenho e peguei logo que ouvi o Y Society, tenho q ter lembrar de comprar o instrumental desse album q saiu no ano passado tb, o Kilawatt V1 eu ja peguei e to esperando por esse pra minha collection... Felipe vc ouviu o Madvillain ReVISION que ele fez ????

f-zero

thew disse...

mano damu é sensacional da pra sentir a energia dos dedo do cara nos beat fora que poucos beatmakers conseguem trazer aqula sensação retro dos samples da forma como era nos 90 mas no nosso tempo como ele vewm fazendo. resenha mais do que apropriada valew felipe!

cerquilho disse...

COMO TEM MONGOL NESSE MUNDO !!!!!

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

(M-PHAZES melhor produtor da atualidade!!!!!!!!!)

kkkkkkkkkkkkk cada uma

Chiocki disse...

Ae Cerquilho

Acho que é por isso que existe a subjetividade se todos fossem iguais ia ser foda eu só falei minha opinião não sou obrigado a achar o DAMU o melhor produtor( APESAR DE ACHAR ELE FODA) desculpa ai se eu te cutuquei com minha MONGUES!!!!!!!!!!

PAZ AI PQ VC TA PRECISANDO

Chiocki disse...

e outra eu naum falei q o m phazes era o melhor eu falei o seguinte "m-phazes, k-salaan e boon doc estão pra mostra que só pq o instrumental é tocado não quer dizer que tem que ser moda" presta atenção antes de fala

S.A.R.C.I. disse...

pontua antes de enviar xD ahahahaha

S.A.R.C.I. disse...

o novo do Cypress já saiu/vazou ^o)

Mia Mossberg78 disse...

Ei,

Gravação HipHop sensação Provy Suflayy lançou seu primeiro single fora de seu próximo álbum!

'A Star Brite Burnin' apresenta "Best Kept Secret" da Nova Zelândia Kiwi Schryvers artista Rachel.

Vá comprar agora no iTunes e outras belas varejistas online por apenas 0,99 centavos!

Confira o vídeo da música agora no youtube!
http://www.youtube.com/watch?v=X06H7IVEbAY