sexta-feira, 24 de julho de 2009

La Coka Nostra: A Brand You Can Trust

Gravadora: Suburban Noize
Ano: 2009
Produtores: DJ Lethal (faixas 1,2,3,5,6,7,8,10,11,14 e 15), Everlast (4), Sicknature (5), Ill Bill (8), Alchemist (9), Cynic (12), Q-Unique(13).
Participações: Sen Dog (faixa 1), Big Left (1), Snoop Dogg (3), B-Real (5 e 15), Sick Jacken (6,11 15), Bun B (9), Q-Unique (13), Immortal Technique (13).

La Coka Nostra é um supergrupo formado pelos membros originais do House of Pain (DJ Lethal, Everlast e Danny Boy), além do ex-Non Phixion Ill Bill e o membro do Special Teamz, Slaine. Com uma escalação dessa e dado o histórico dos caras e o nome do grupo, já dá para imaginar a proposta que eles trazem para a mesa, certo? Pois bem, quem gosta de rap pesado, com flows agressivos, letras fortes e emcees trocando rimas como se tivessem se conhececido na maternidade pode alimentar expectativas com "A Brand You Can Trust", porque não será decepcionado.

Na verdade, há muito mais neste álbum do que simples agressividade. Para entender melhor o registro, é necessário dar crédito a três referências: o guitarrista branquelo e cabeludo, o crooner emotivo e o conspiracionista. Pode soar confuso, mas depois de uma audição completa do registor, dá para perceber melhor esses elementos, e são eles que dão sustentação a todo o conceito do trabalho - e ainda geram spin-offs como o O.G. malandro - e mostrar um mundo de violência, drogas e desesperança.

O guitarrista cabeludo e branquelo é identificável nos primeiros segundos do álbum e é companheiro inseparável de DJ Lethal, responsável pela maior parte dos beats do disco. A influência roqueira é inegável desde os primeiros acordes metaleiros de "Bloody Sunday", embora os emcees só estejam se aquecendo em suas líricas - exceção para Slaine e seu arsenal de aliterações. Outras faixas como a psicótica "Get You By" e "The Stain" também evocam a imagem do guitarrista abusando de sua guitarra como numa masturbação, tudo para Ill Bill e sua turma rimarem confortavelmente.

E é "The Stain" que nos mostra o segundo elemento, o crooner. No disco, ele é personificado por Everlast, caprichando numa cantoria envolvente e dando um clima mais emotivo a certos refrões. Como local de encontro de duas grandes influências do álbum, "The Stain" é a melhor faixa do disco, com versos emocionantes, particularmente o de Slaine, dedicado para sua filha. Os hooks de Everlast permeiam ainda todo o registro, ora mais tristes, ora mais suingados, mas sempre dando um contraponto interessante à agressividade dos flows.

Por fim, o conspiracionista é na verdade um monstro criado a partir de pequenos pedaços de cada emcee e resume bem a lírica deles. Com muitas referências às drogas e à guerra, os caras pintam imagens sombrias, crônicas políticas e críticas sociais dignas daqueles às voltas com teorias da conspiração. A simples aparição de Immortal Technique na sugestiva "Nuclear Medicinemen" só corrobora a hipótese. Espere ainda críticas ao modo de vida americano em "I'm American", analogias à guerra em "Choose Your Side" - Ill Bill rouba a cena aqui - gangsterismo em "Bang Bang", com o tal O.G. malandro chamado Snoop Dogg, e puro bragadoccio em "Fuck Tony Montana" e na ótima "That's Coke", uma simples troca de versos entre todos os emcees pontuada por um naipe de metal suingados que parece estar deslocado no disco, mas na verdade soa muitíssimo bem.

Da reunião de seis rappers brancos, "A Brand You Can Trust" surge como uma ótima alternativa para estes dias sem grandes novidades no rap americano. Produção acima da média, letras consistentes, levadas matadoras e afirmações de talentos - como eu nunca prestei atenção em Slaine antes? - fazem do disco audição obrigatória para quem quer um pouco de adrenalina na vida ou tá naqueles dias de raiva. Parafraseando e traduzindo cretinamente o título do álbum, quando se precisa de agressividade, La Coka Nostra é uma marca em que se pode confiar.

La Coka Nostra - A Brand You Can Trust
01. Bloody Sunday (feat. Big Left And Sen Dog)
02. Get You By
03. Bang Bang (feat. Snoop Dogg)
04. The Stain
05. I’m An American (feat. B-Real)
06. Brujeria (feat. Sick Jacken)
07. Once Upon A Time
08. Cousin Of Death
09. Choose Your Side (feat. Bun B )
10. Hardcore Chemical
11. Soldier’s Story (feat. Sick Jacken)
12. Gun In Your Mouth
13. Nuclear Medicinemen (feat. Q-Unique And Immortal Technique)
14. That’s Coke
15. Fuck Tony Montana (feat. Q-Unique And B-Real)

Download

Vídeo da faixa "I'm American":

3 comentários:

Eduardo Campagnoli disse...

"Sniffin coke till the nose bleed" ou listenin to Coke till the ears bleed.
Hardcore Gangsta total.
"Bloody Sunday, Black Sabbath, the Pope is a pedophile with drug habits!"

Anônimo disse...

Slaine é monstro! Conheci ele no álbum do Virtuoso "Word War 2" (que por sinal é um álbum muito, muito foda). Na música Fahrenheit 911 ele arregaça, além de ser uma faixa polêmica que deu o que falar nos EUA. Ótimo review!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,