terça-feira, 14 de julho de 2009

Letra Traduzida: Mos Def - History

Demorou, mas aos poucos as letras de "The Ecstatic" começam a aparecer pela internet. Uma delas é "History", a faixa que reúne Mos Def e Talib Kweli para delírio dos fãs do Black Star, com um adicional: beat de J Dilla. Enquanto Mos soa um pouco filosófico e abstrato demais, Talib nos abençoa com algumas linhas dignas de frase de MSN e "quem sou eu" do Orkut, para no final se gabar do impacto que o Black Star teve no rap. O mais legal, porém, é a teoria que Mos explica na introdução: algumas pessoas agem como a estação em que nasceram. Alguém já tinha pensado nisso? Até que soa interessante...

Artista: Mos Def feat. Talib Kweli
Álbum: The Ecstatic
Música: History - História

[ Mos Def ]
Kweli diz, "todo mundo age de acordo com a estação em que eles nasceram"
alguns são a noite, alguns são a manhã, outros a madrugada
outros no inverno, alguns em junho
é o nosso código, é o natural
a ciência é uma piada
para mim e os meus, os seus e você
vamos nos mover, vou te dizer um pouco sobre o meu, aí

Eu nasci em uma época em que o mundo estava quieto e frio
celebrações estavam acontecendo
alguns estavam felizes, outros, tristes
alguns se sentiam mal por estarem bem
alguns se sentiam bem por estarem mal, sentimentos passam e mudam, mas eles nunca vão embora, eles estão aqui para ficar
feriado, feriado, feliz aniversário
amor adolescente, o primeiro corte, corrida profunda
alma na carne, estas são as ruas do Brooklyn
ano do boi, sete e três
M.D., a História (vamos lá)
toda alma tem seus questionamentos, D (sim)
isso é onde você esteve e onde você está
e sem entendimento você não pode prosseguir
completar o início e o fim
então tudo começa de novo...de novo

[ Talib Kweli e Mos Def ]
De novo e de novo, bem novo
de novo e de novo, tão fresco
de novo e de novo, novidade

[ Talib Kweli ]
Eu nasci na década da decadência, onde eles idolatram o que eles têm
Ford foi o presidente, faça as contas
a guerra estava finalizada quando os vietnamistas atacaram a cidade de Saigon
nós estávamos tipo "adeus", nós estávamos indo embora, deixar as bigornas serem bigornas
eu tô fora, espalho amor, é a maneira do Brooklyn
onde eles te abraçam com o braço que seguram a arma de fogo
como roupas da nova escola, oficial Black Star
um estouro quando nós fazemos um show, é fato, não mistério
eu tô junto com a turma como Mussolini na Itália
eu ando com os The Roots como a árvore oferecida
poderoso, eu superei a intolerância, eu e meu povo temos história
e estes rappers a "burrificam" consideravelmente
nós "fazemos estourar" como um refrão famoso
o flow é histórico, eles não podem escapar de nós
você nos escolheu, e nós criamos as leis como Levítico
há dez anos atrás nós fizemos história, então eles estão sentindo nossa falta