quinta-feira, 2 de abril de 2009

CunninLynguists: Strange Journey Volume 1

Vida de artista independente de rap não é fácil. Às vezes, são anos até conseguir o seu espaço, depois um período considerável para lançar seu primeiro trabalho, semanas sem dormir divulgando e, quando o sucesso finalmente chega, meses batendo perna país afora fazendo shows. Tudo bem, talvez esta não seja a realidade dos artistas brasileiros, mas é um patamar que os CunninLynguists já alcançaram. Como um dos grupos mais bem situados no underground americano, já com uma legião de fãs nada desprezível e uma das melhores gravadoras - a QN5-, o trio formado pelo produtor Kno e os emcees Natti e Deacon resolveu retratar no seu novo trabalho, Strange Journey Volume 1, justamente as agruras de ficar um bom tempo fora de casa, na estrada, colhendo os louros da "fama".

Pois bem, Strange Journey talvez não possa ser considerado um álbum - está mais para uma mixtape bem cuidada -, graças às participações solo de artistas da própria QN5, como Tonedeff, PackFM, Mr. SOS e ao bom número de remixes presentes no projeto. Apesar disso, todas as faixas são produzidos pelo talentosíssimo Kno - e aí chegamos ao ponto crucial deste trabalho: o beatmaker sulista é a grande estrela do disco e, mantendo este nível por mais alguns anos, já pode começar a pleitear sua entrada no Hall da Fama de produtores de rap de todos os tempos. Cada beat deste registro é marcado por melodias cativantes, loops impecavelmente construídos e sutilezas que demandam um certo tempo para o ouvinte "capturá-las".

Seja na charmosa "Nothing But Strangeness", com seu boom bap preenchido por um teclado simples e um ótimo refrão, ou na experimental "Hypnotized", com uma levada reggae e linha de baixo suingada, Kno mostra um arsenal de batidas e samples imponente não só na sua diversidade, mas também na forma como é utilizado: o dueto de samples vocais em "Die For You", o clima nostálgico de "Don't Leave" ou a impressionante balada "The Distance" são só alguns dos pontos fortes do disco. Esta última, por exemplo, é séria candidata ao título de melhor faixa do trabalho, graças à performance estupenda de Tonedeff e ao instrumental belíssimo, cheio de sutilezas, com o andamento das caixas parecendo querer se atropelar, mas, por algum milagre, mantendo o ritmo.

Apesar do show de Kno, também é bom destacar os emcees que participam do trabalho. Entre eles, Natti desponta como a grata surpresa, com versos muito bem construídos e cheios de significados. Em "Don't Leave", por exemplo, seu verso explicando ao filho pequeno o porquê de o pai estar viajando é sensacional, assim como na bem humorada "Never Come Down". Outro ponto positivo é a forma como os conceitos propostos são bem executados. "Nothing but Strangeness", por exemplo, mostra os emcees, entre eles os suecos do Looptroop Rockers, falando sobre os lugares desconhecidos que já visitaram, enquanto na supracitada "Don't Leave" o tema é a distância dos artistas de sua casa, o mesmo tema de "The Distance", embora esta penda muito mais para o storytelling meio biográfico, meio metafórico, característico de Tonedeff. "Die For You", por outro lado, é uma canção romântica por parte de Mr. SOS que, embora meio fora de lugar, é uma ótima faixa.

Quando o disco chega ao fim, à primeira audição, fica nítido que é necessário muito mais horas com o fone de ouvido para poder capturar todas as nuances de cada batida e verso, e esta talvez seja a parte mais interessante do registro. A produção é realmente exuberante, cheia de detalhes que, se descritos, não caberiam nesta resenha - até porque nem este humilde escriba conseguiu captar tudo. Assim, é bom encarar Strange Journey, para não fugir do próprio conceito, como uma turnê longa, que passa por vários lugares diferentes, mas com um objetivo comum. Portanto, caros leitores, não encarem esta resenha como definitiva, e sim como a primeira parada de uma viagem que cada um terá de fazer para absorver o necessário deste trabalho.

CunninLynguists - Strange Journey Volume One
01- Departure [Intro]
02- Nothing but Strangeness (feat. Looptroop Rockers & Hilltop Hoods)
03- Lynguistics [Live in Stockholm]
04- Move
05- Inverse - Spark My Soul (feat. Substantial)
06- Never Come Down (The Brownie Song)
07- Hypnotized (feat. PackFM & Club Dub)
08- Dance for Me [Remix]
09- Mr. SOS - Die for You
10- White Guy Mind Tricks
11- Georgia [Remix] (feat. Killer Mike & Khujo Goodie)
12- KKY [Remix] (feat. Skinny DeVille & fishcales of Nappy
13- Don’t leave Me (When Winter comes) (feat. Slug of Atmosphere)
14- Tonedeff - The Distance
15- Broken Van (Thinking of you) (feat. Mac Lethal)
16- Billy Joe’s Garage [To be Continued]

Download

Vídeo da faixa "Never Come Down(The Brownie Song)":