segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Letra Traduzida: Big Pun - You Came Up

Artist: Big Punisher f/ Noreaga
Album: Capital Punishment
Song: You Came Up - VOCÊ ROUBOU

[ Noreaga ]
Ae, qual o problema baby?
Eu te vi

[ Big Pun ]
Eu ainda não sou um malandro, mas você ainda é um invejoso
ah, Pun, aqui onde estão meus metais
cadê os meus metais?

[ Refrão : Noreaga]
Pun, você chegou com tudo
ae, ae, fazendo acontecer
das rimas nas esquinas do bairro até o disco de platina
mas quando nós saímos, você ainda está pronto pro corre
[ Big Pun ] ae, eu estou pronto pro corre e pronto pra morrer

[ Big Pun ]
Ae, minhas palavras são verdadeiras, e enquanto eu for vivo eu vou cuspi-las
poderia ser um falso gangsta, mas sou um bandidão até ir embora
aqui no Bronx eu comando, representando os cinco bairros
vamos unir a cidade e depois invadir o mundo como uma arma
porque está todo mundo procurando pelo Pun
porque discos de platina para os latinos era o nosso destino
o inevitável, muito melhor do que qualquer coisa que você faça
nós somos elegíveis, GS é incrivelmente credível
pelo lucro que nós estamos tendo, você fica viciado nas rimas
e esses suspiros potentes são como uma dose de injeção
e nunca vai embora
pegue isso com os terroristas da Terror Squad
rapper kamikaze, lançando bombas sonoras desde
que eu era jovem, eu nem sempre fui o Big Pun
nem sempre era engraçado, ae eu cresci nas favelas
eu tinha que pagar minhas contas, dever algumas
mas eu não digo a quem, continuo verdadeiro ao jogo
sem nomes, jogando limpo, só eu e minha crew
sobrevivendo e ficando no topo o maior tempo possível
nós vamos manter assim para você tipo Homey o Palhaço
sempre no corre tipo o Pac, pronto pra morrer ou atirar negro
La da le la la la la la

[ Refrão ]

[ Big Punisher ]
Ae, nada mudou, eu continuo o mesmo
vocês se lembram de mim desde a época do Centipede(jogo de videogame antigo)
durão, um grande negro de volta aos anos setenta
tente me lembrar do meu comportamento agressivo
a maneira pela qual eu mantenho a real é mais importante do que contrato de gravadora
eu costuma relaxar no meu bairro com o Cuban e o Seis
eu ainda faço isso, mas agora é num carrão conversível
meus amigos verdadeiros sempre estarão comigo
os falsos me beijam, me dizem que sentiram minha falta, e depois falam mal de mim
porque eu sou viciado pela vida, seis vezes mais o preço
outros cinquenta dólares para o Cuban, misturados no gelo
uns malucos são trapaceiros, mas eu acabo com todos eles
embora eles gostem de duvidar, eu os transformo em crentes quando deixo o Tyson dentro de mim sair
porque eu posso acreditar apenas em poucos, apenas na minha crew
aqueles da velha escola, eu considero lealmente verdadeiros
eu sou moralmente rude, de um otário para um acadêmico
siga as regras em como desvendar uma conspiração e ganhe um dinheiro
eu quero mandar um salve pros meus manos que representam as ruas
lutando contra o monstro interior, descansando em paz
abençoando minhas crianças e tomando conta de nós
até eu morrer, eu vou alinhar as almas deles
e brilhar por todos nós

[ Refrão ]