sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

2º: Common - Finding Forever


Produtores: Derrick Hodge(faixa 1), will.i.am(5), J-Dilla(9), Devo Springsteen(11), Kariem Riggins(13) e Kanye West(demais faixas)
Participações: Dwele, Lily Allen, will.i.am, Kanye West, Bilal e D'Angelo

Common tem sido, nos últimos anos, um dos emcees mais consistentes no rap. Podendo já ser considerado um veterano, ele continua lançando trabalhos de qualidade, diversificando, mas sem perder a essência. Essa consistência e maturidade como artista são bem visíveis no seu álbum de 2007, Finding Forever.

Praticamente um sucessor do clássico Be, do ano anterior, o disco é produzido em sua maioria novamente por Kanye West, considerado por Common o "novo Primo", se referindo ao DJ Premier. Realmente, o estilo de produção de West casou perfeitamente com o estilo de rimar de Common, e Finding Forever mostra isso com perfeição.

Um detalhe interessante na produção de Kanye é que, a fim de homenagear o falecido J-Dilla, West procurou cortar os samples da mesma forma que Dilla, e fazer beats com um toque mais soul. Nota-se também um diversidade nos beats: "Start The Show" e "U, Black Maybe" são mais tranqüilas, a última tendo o costumeiro sample vocal acelerado; em "Drivin' Me Wild", West acelera as coisas, com a ajuda de um piano frenético; "The People", o primeiro single, não é nem tão tranqüilo nem acelerado: está no ponto certo, com uma linha de baixo sensacional; em "The Game", um dos melhores beats do ano, a homenagem não é a Dilla, e sim a Premier, com um boom-bap clássico dos anos 90 e scratches do próprio Primo no refrão.

Os outros produtores também fazem um bom trabalho, mas é Devo Springsteen, com a brilhante "Misunderstood", quem merece grande destaque: o cara sampleou a voz de Nina Simone de forma magistral, e ainda providenciou um fundo musical elegantíssimo, resultando em outro de um dos melhores instrumentais do ano.

Com instrumentais tão bons, Common está à vontade para cuspir rimas ainda mais afiadas. "The People" é uma ode à rua e à população humilde; "U, Black Maybe", toca na questão do afrocentrismo; "The Game" é uma mostra de como as habilidades líricas do emcee continuam perfeitas, com punchlines pesadas por toda a música; "Misunderstood" é uma ótima storytelling, na qual Common conta a história de duas pessoas sofridas. "Drivin' Me Wild" fala sobre as loucuras que as pessoas fazem por fama e por respeito:

"Ela era o tipo de pessoa que assistia à Oprah e ao Today Show
corria na esteira, uh, tipo "okay, vamos lá"
tinha um corpo, um corpo pelo qual não se pode pagar
isso significa que ela tinha uns peitos grandes mas não eram siliconados
tinha uma queda por um um passeio no Rodeo
queria gastar uns pesos naqueles Lebeaus
academia todo dia, strip tease
ela era muito obcecada com o seu corpo e suas roupas
para cada festa que ela ia, ela batalhava para ser escolhida
eles dizem que é a vida de um cafetão é difícil, mas é ainda mais difícil para essas vadias
lendo revistas femininas, tentando arranjar alguém
caçando algum ator que tenha um Bentley
ela tava saindo com um jogador de basquete do Clipper, mas veio a decepção
ela pensava que era a número um, mas era só um lanchinho
fazendo tudo o que ela podia por um homem e um filho
ela tava se deixando maluca como a menina astronauta"

E, mais uma vez, Common fecha o ano com mais um ótimo álbum, mostrando sempre uma evolução na carreira. Muitos vão achar Be melhor do que este, mas o que pode-se perceber é que a escrita de Common se torna ainda melhor com o passar dos anos, e Kanye West realmente é o produtor perfeito para o estilo do cara. Músicas como "The Game" e "Misunderstood" estão entre as melhores do ano, e mostram todo o potencial que o emcee de Chicago pode alcançar.

Common - Finding Forever
1- Intro
2- Start the Show
3- The People feat Dwele
4- Drivin' Me Wild feat Lily Allen
5- I Want You feat will.i.am
6- Southside feat Kanye West
7- The Game feat DJ Premier
8- U, Black Maybe feat Bilal
9- So Far To Go feat D'Angelo
10- Break My Heart
11- Misunderstood
12- Forever Begins
13- Play Your Cards Right feat Bilal (faixa-bônus)

Download

Tradução da música "Misunderstood"


Vídeo da música "The People":


Vídeo da música "The Game":


Vídeo da música "Drivin' Me Wild":


Vídeo da música "I Want You":