quinta-feira, 19 de junho de 2008

Immortal Technique: The 3rd World

Depois de cinco anos sem lançar material, Immortal Technique volta com suas rimas ácidas e comentários sociais. The 3rd World é uma mixtape produzida pelo DJ Green Lantern, e serve de aquecimento para o novo álbum do emcee, que deve ser lançado ainda neste ano. Nesta mixtape, o cara conta com participações de nomes como Crooked I, Chino XL, Ras Kass e Psycho Realm.

A primeira coisa a ser notada no álbum é que Immortal Technique volta com tudo. Ele demonstra uma emoção no microfone que é rara entre muitos emcees. Além disso, as letras continuam afiadas e bem escritas. Seguindo o nome do disco, ele baseia várias faixas sob a perspectiva de um habitante do Terceiro Mundo, ou mesmo de um imigrante destes países que vive nos EUA. Entretanto, a produção deixa a desejar. Green Lantern não produz nada abominável, mas raramente consegue trazer algum beat excepcional. A sensação é que ele usa os mesmos drumkits para a bateria, e o uso dos samples é um pouco previsível e simplório. Estas falhas ficam ainda mais vísiveis em comparação ao único produtor de fora, Bronze Nazareth, que provê Technique com um beat com caixas pesadas, cheio de metais e samples vocais, em Payback.

A produção abaixo da média acaba comprometendo um pouco o álbum, mas ainda assim Immortal Technique consegue fazer faixas de qualidade. A faixa de início, Death March, tem um clima sombrio, enquanto IT cospe versos falando de tudo um pouco. Golpe de Estado é uma faixa na qual ele rima em espanhol, junto com outros dois emcees, com um bom sample, meio latino. Interessante notar que Temperamento e Veneno, os outros dois caras, mostram-se muito mais confortáveis rimando na língua materna, e são gratas surpresas. Em Reverse Pimpology, IT fala sobre como saber explorar o sistema e ainda critica a indústria do rap, ajudado por um bom refrão de Mojo. Mistakes é um dos acertos de Green Lantern, um sample diferente, bateria mais agressiva que casa bem com o flow de Technique. Crimes of the Heart tem um clima mais épico, também um pouco mais pesado. Por último, The 3rd World, o primeiro single, resume o que há de melhor no disco: letra afiadíssima sobre o Terceiro Mundo e um sample latino muito bom.

De decepção, apenas Lick Shots, com Crooked I e Chino XL, que não entregam versos no nível a que estamos acostumados. Hollywood Driveby tem um sample muito parecido com o de Peruvian Cocaine, não sei ao certo se é o mesmo. Harlem Renaissance parece um remake pouco inspirado de Harlem Streets, também do último álbum. Talvez este seja o problema: os beats mais fracos acabam tirando um pouco a empolgação natural de Technique, o que resulta em uma faixa "monótona".

No mais, ainda mais por se tratar de uma mixtape, o resultado é satisfatório. Immortal Technique manteve seu estilo e seu compromisso com as letras, embora a produção tenha deixado a desejar. Para o álbum oficial, seria muito bom que IT pudesse recorrer a outros produtores, inclusive alguns com os quais já trabalhou. As letras estão lá; falta o devido acompanhamento sonoro para termos mais um clássico.

Immortal Technique - The 3rd World
01. Death March
02. That's What It Is
03. Golpe De Estado (feat. Temperamento y Veneno)
04. Harlem Renaissance
05. Lick Shot (feat. Crooked I & Chino XL)
06. Apocrypha
07. The 3rd World
08. Hollywood Driveby (feat. PsycoRealm & Sick Symphonies)
09. Reverse Pimpology (feat. Mojo)
10. Open Your Eyes
11. Payback (feat. Diabolic & Ras Kass)
12. Adios Uncle Tom (Skit)
13. Stronghold Grip (feat. Poison Pen & Swave Sevah)
14. Mistakes
15. Parole (Evil Genius Mix)
16. Crimes Of The Heart (feat. Maya Azucena)
17. Apocalypse Remix (Feat. Poison Pen & Swave Sevah) **
18. Watchout Remix Rebel Arms (feat. J.Arch & Da Circle) **

** = As duas últimas faixas estão escondidas na faixa 16.

Download

2 comentários:

GUIGA disse...

é cara, finalmente saiu...

o Tech tá otimo como sempre, o de criticar msm só a produção de uns sons,

p começar a produçao de Lick Shot, ficou horrorosa, parece beat de Dirth South, ficou triste de ruim essa faixa, falar a verdade tb nunca achei nada demais no Chino e o Crokked pouco vi tb... (p mim foi a maior merda do album).
a verdade é q esse Dj Green Lantern nunca foi lá grande coisa, vc resumiu bem no review, ele simplesmente tira a empolgação do IT


mas o trampo do Tech num todo tah mt bom, ele tá com um flow mt pegado, mt "doente", a cada trabalho dele parece q ele fica mais nervoso, gostei mt de "Mistakes", "Payback", "Golpe de Estado" e "Reverse Pimpology"

e essa dupla que faz a participaçao em "Golpe de Estado" é cabulosa, dei uma rodada atras de som deles e nd...

flw cara, baixar o do RZA agora ;)

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,