sábado, 10 de novembro de 2007

Tradução: Organized Konfusion - Stray Bullet

Foda...

Artist: Organized Konfusion
Album: Stress: The Extinction Agenda
Song: Stray Bullet - BALA PERDIDA

Verso I: Pharoahe Monch
Deixe o dedo do gatilho colocar pressão no mecanismo
que vai dar uma resposta, para o automático *bang*
pronto para lançar projéteis um por um me forçando
a explodir, então viajar até o barril, guiado por uma luz
no final do túnel, sem nenhum alvo a vista
diminuo o fluxo como se fosse água
visualizo a cena do homícidio, um massacre
sem remorso pelo caminho que eu fiz quando voce puxou o gatilho
o resultado é uma bala perdida
os malucos que me conhecem deitam no chão ou correm para se abrigar
exceto as crianças que estavam brincando na praça
por causa de alguém uma pequena menina nunca vai ver
mais do que seis anos de vida, isso não está certo
quando ela caiu do balanço, mas espere, minha trajetória não acabou
fui do outro lado da cabeça dela para um Range Rover vermelho, então
eu ricocheteei
passei rapido pelo traseiro de um irmão, "que merda", foi o que o cara disse
ah foda-se, o próximo alvo é o rosto de Margaret *bang*
e eu a atingi
agora tem um círculo cheio de sangue no rosto dela
e uma abundância de miolos por toda a rua
uma vergonha o modo como nós tivemos que nos encontrar *bang*
rompendo, destruindo, encontrado pela porra da família
eles me seguiram de forma ordenada
explodindo carnes, eu sou selvagem
destruindo portas pelos corredores dos prédios dos bairros
desviando dos azulejos
estou vindo te pegar menina
uma vez dentro de você, eu destruo seu mundo
o sonho e a esperança acabam quando eu chego
é melhor voce rezar para o Papa ou para o Vaticano
antes que eu *barulho de arma disparando* novamente
eu to puto novamente irmão, a mãe de alguém vai ficar triste
mas, aquele céu azul vao se tornar cinza depois do ataque da Mac-11
eu sou uma bala perdida

[ Refrão ]
Ninguem viu nada, ninguem ouviu nada

[ Verso II: Prince Poetry ]
Armas de fogo, eu estou viajando a velocidades altíssimas
para poder penetrar carnes, atingindo os ossos
depois de estourar o peito de algum viciado do Queens
vários pagers reduzidos a pedaços pela Glock
e as balas atingem os policiais que estão atrás das ambulâncias
o sangue vai sendo perdido enquanto eu vou entrando pelo seu peito
destruindo, rompendo, eu vou te bagunçar, cortando tudo
deveria eu te explodir rapido? o sangue escorre *bang*
agora é tudo com o mestre, boom, enquanto eu explodo eu abro portas
me agradeça por ter explodido a sala de operações
o corpo ainda me consome, o doutor tem que me remover
ah Senhor, porque eles me usam? *bang*
eu estou agindo sozinho para manter meus amigos
entao tome cuidado com os policiais no gueto, atirando por diversão
e quando eu atingir alguem, xiii *bang bang bang bang*
voce nao vai me esquecer rapido
os policiais tentam explicar para os pais da vítima o que eu fiz
eu puxei o gatilho, mas não fiz isso sozinho
e como um humano eu sou aquele maluco surpreendente
Prince Po, eu rimo como um doido, de qualquer forma
voce nunca vai saber como eu vou chegar
me metamorfoseando, crescendo na turbulência
condensado em uma bala, puxo o gatilho, agora eu to fazendo meu corre
sem simpatia, uhh, então toma um tiro maluco *bang*
dentro do cenário, eu estou numa festa com o O
um monte de meninas discutindo e o DJ tocando "Fudge Pudge"
cinco manos chegam na boate para brigar
[ Ae O sente essa, que merda O, se esconde (que merda, que merda!)
*pop pop pop pop pop* * mulheres gritando]
mais um tiro, mais uma explosão
e lá vai o Senhor Bala Perdida
os cinco fugiram, fiquei feliz com os gritos do buraco
no teu peito, então eu continuei
destruo sua vida, sangue escorrendo como num rio
o dinheiro começa a cair então as chamas começam a aparecer
machucados, os sapatos falsos são a sua salvação
não há resposta para sua mãe que ta lá fora no frio
percebe que eu sou maior quando tiro seu coração aos vinte anos mano?
Bala perdida